Anotações

17 dez

Para quem ainda não viu, tem um link ao lado para um arquivo de texto no google docs. É o rascunho do livro, vejam lá e deixem seus comentários.

Foco do Jogo e Cenário

16 dez

Pensando bastante sobre o cenário específico e sobre o foco do jogo, percebi que cada pessoa que conversa comigo sobre o jogo tinha ideias diferentes de qual seria o cenário ideal, até que eu percebi que não necessariamente havia um cenário ideal, foi o caso de pensar exatamente em qual é o foco do jogo, neste caso, a experiência de começar com um personagem desconhecido num ambiente desconhecido.

Então, pretendo manter uma parte fixa (os personagens recém acordados e desmemoriados) e pensar então em ter no jogo um guia, explicando como desenvolver melhor o cenário (e claro um cenário de exemplo).

Isso deve inclusive ajudar o jogo em uma questão importante, variar o jogo, já que apesar de o tipo de experiência de jogo ser a mesma, elas podem variar totalmente com o cenário.

 

Mudanças

28 nov

Opa, algumas conversinhas na forge (www.indie-rpgs.com) acabaram por reforçar uma ideia que tive e não sabia se era boa.

Mas atualmente, a impressão é que teremos alguma mudança consideravelmente drástica no cenário: nada mais de terra destruída (pra não dizer devastada…). A situação é semelhante, os personagens estão numa base de criação de super soldados todas controlada remotamente, quando acordam sem comunicação com seus criadores, sem saber o que são, porém agora, eles estarão em mundo alienígena (outro planeta? provavelmente), essa mudança vem com um objetivo claro, aproximar as experiências dos personagens e jogadores, sem conhecer o mundo, os jogadores também irão experimentar a ignorância, o desconhecido, o que deve enriquecer e muito o jogo, e a diversão nele. Dar uma sensação aos personagens que os jogadores não poderiam compartilhar seria muito grave… escrevendo e aprendendo né?

 

Além disso, agora seremos colaborativos!

Através do atributo “lembranças” o personagem vai poder tomar o controle narrativo sobre alguma porção ainda não definida do cenário, talvez a função de um objeto de encontraram, talvez a história de um npc.  O que pode dar um pouco de trabalho ao mestre, mas estou tentando chegar em uma mecânica não tão caótica, mas que ainda permite o controle narrativo compartilhado.

Preciso pensar bem ainda no papel bem definido do mestre, e nas dificuldades que ele vai ter para preparar o jogo com isso.  Mas creio que talvez  só um bom guia de criação de “aventuras” seja o bastante.

 

Alguma sugestão?

Scenario

25 nov
At first, the goal is to have a simple scenario, totally open to customization, thenguidelines will be given, but there is much room for change.The human race was devastated (perhaps with some groups of survivors), the world isdifferent (depending on some variables that the master choose) but the characters do not know anything about that. They wake up in a fortified site in giant glass tubes, surrounded by wires and equipment They do not know this, but they are the result of a survey which aimed at creating perfect soldiers, super strong, super fast on the threshold of human development, but something went wrong and they are now awaken, alone, without knowing what they are, or even where they are .But they are not completely in the dark, confused memories appear in their minds. Duringits creation, a process was used to implant memories, in order that they are alreadytrained and able , but the process was not completed and, besides not having received allmemories, access to them is lost.

After the initial confusion, the soldiers organize themselves into groups and decide to explore the world around them, and that’s where our game begins, this quest for knowledge, the unknown, to understand what actually happened to the world by learning ,to reach their true potential.

Cenário

25 nov

A princípio, o objetivo é ter um cenário simples, totalmente aberto a personalização, então, diretrizes serão dadas, mas haverá muito espaço para mudanças.

 

O raça humana foi devastada (talvez com alguns grupos de sobreviventes),  o mundo esta diferente (dependendo de algumas variáveis que o mestre escolher) porém os personagens não sabem de nada disso.  Eles acordam em um local fortificado, em tubos de vidro gigantes, envolvidos por fios e equipamentos tecnológico. Eles não sabem disso, mas são fruto de uma pesquisa que pretendia criar soldados perfeitos, super fortes, super rápidos, no limiar do desenvolvimento humano, porém algo deu errado e eles agora acordaram, sozinhos, sem saber o que são, ou sequer aonde estão.

Mas eles não estão totalmente no escuro, lembranças confusas aparecem nas suas mentes. Durante a sua criação, foi usado um processo de implante de memórias, com objetivo de que estes já fossem gerados treinados e capazes, porém o processo não foi terminado e, além de não terem recebido todas as memórias, o acesso a elas esta perdido.

Após a confusão inicial, os soldados se organizam em grupos, e decidem explorar o mundo a sua volta, e é ai que começa nosso jogo, essa busca por conhecimento, pelo desconhecido, por entender o que de fato houve com o mundo, por aprendizado, por atingir seu verdadeiro potencial.

 

Overview

24 nov
Tabula Rasa is a game about learning and ignorance. About dealing with the unknown,and learn about themselves and the world around them. Focused on the development ofcharacters, players will face a challenge of interpretation and insight into the mind of their characters.

The scenario is the future, an apocalypse happened and the characters wake up in this world destroyed, without knowledge of what is, or what happened to the world, in fact, they don’t even know any details about themselves or the world. It is this ignorance that players will deal with, guiding his characters in a continuous search for knowledge.

The system will be unique (with some inspiration from some things around) and based only on markers (no dice), focused on knowledge of the characters, is actually a learning system, where players must decide whether their characters are more likely to act impulsively or analyze and think on the experiences around you?

This is an overview of the game only, I will make posts containing more specific details about every aspect of the game.

Visão Geral

22 nov

Tabula Rasa é um jogo sobre ignorância e aprendizado. Sobre lidar com o desconhecido, e aprender sobre si e o mundo a sua volta. Com foco no desenvolvimento dos personagens, os jogadores terão pela frente um desafio de interpretação e aprofundamento na mente de seu personagem.

O cenário é o futuro, um apocalipse aconteceu e os personagens acordam neste mundo destruído, sem conhecimento do que são, ou do que aconteceu com o mundo, na verdade, eles sequer sabem detalhe algum sobre si ou o mundo. É com esta ignorância que os jogadores vão lidar, guiando seus personagens numa busca contínua por conhecimento.

O sistema será original (com inspiração em algumas coisas por ai) e baseado apenas em marcadores (nada de dados),  focado nos conhecimentos dos personagens, é na verdade um sistema de aprendizado, onde os jogadores devem decidir se seus personagens estão mais propensos a agir impulsivamente ou analisar e pensar nas experiências ao seu redor?

Esta é uma visão geral do jogo apenas, mais pra frente vou fazer postagens contando detalhes mais específicos sobre cada aspecto do jogo.